BECAS
RUBIO SCOLA Virginia Irene
congresos y reuniones científicas
Título:
Proposta para o estudo da incorporação da análise do discurso na Argentina
Autor/es:
RUBIO SCOLA, VIRGINIA IRENE
Lugar:
Porto Alegre
Reunión:
Congreso; V Seminário em Análise do discurso; 2011
Institución organizadora:
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Resumen:
Um dos domínios das Ciências da Linguagem de maior circulação no âmbito acadêmico brasileiro é a Análise do Discurso de orientação francesa. Nossa proposta é analisar a irrupção desta corrente no contexto da América Latina do lado hispânico, especificamente as condições histórico-sociais que possibilitaram o surgimento da Análise do Discurso na lingüística Argentina. Nosso intuito é compreender a incorporação desta nova forma de entender a língua como discurso. A pesquisa é fundamentada à luz da concepção de história de Foucault, isto é, pensar em uma história-problema, que tenta desconstruir o passado enquanto discurso para questioná-lo. Esta concepção de estudo da história tem como objetivo descrever e mostrar como se constituiu a unidade por intermédio das dispersões, das rupturas. Isto é, pensar as falas nas suas mudanças, já que a verdade é produto das práticas discursivas, fruto de embates em torno da própria verdade. Estudar a história da lingüística nos permite apreciar as constantes e as rupturas do desenvolvimento do pensamento sobre a linguagem. Mostra-nos como se universalizaram determinados processos e atividades de descrição e reflexão lingüística, e como se diversificaram através da história e das divergentes situações geográficas, políticas e socioeconômicas. Também nos baseamos na Historiografia Lingüística, segundo Cristina Altman (2009), os conceitos e os procedimentos de pesquisa que o lingüista utiliza são produtos históricos. A abordagem da historiografia lingüística consiste em (re)estabelecer os pressupostos, nem sempre explicitados com que, os lingüistas do passado sustentaram suas práticas, bem como as conseqüências de suas proposições para o desenvolvimento do conhecimento e o entendimento das ciências contemporâneas da linguagem e das suas metodologias. E, finalmente, noções da Análise do Discurso serão de grande proveito para uma abordagem discursiva da Historiografia Lingüística com o objetivo de aprofundar as interpretações dos documentos a serem analisados, já que se trata de objetos discursivos. Consideramos os conceitos de a priori histórico - as condições históricas dos enunciados, condições de emergência, a lei de sua coexistência com outros, sua forma específica, os princípios segundo os quais se substituem, transformam-se e desaparecem - o arquivo, formação ideológica e formação discursiva - o discurso se insere em uma formação discursiva e constitui a instância em que a ideologia se concretiza. Trabalhamos na construção do arquivo para a leitura da história por meio da interpretação. Propõe-se uma relação entre discurso e história em base a circulação desta corrente no contexto da América Latina. No quadro desta pesquisa, foram estudados diferentes artigos científicos publicados em diversos suportes para apresentar como foi se desenvolvendo a lingüística na Argentina. Desta forma cremos que estarão estabelecidas nossas bases para compreender a inserção da Análise do Discurso no contexto da lingüística na Argentina.