IDACOR   23984
INSTITUTO DE ANTROPOLOGIA DE CORDOBA
Unidad Ejecutora - UE
artículos
Título:
Reseña de Magnus Course. Becoming Mapuche
Autor/es:
ALVAREZ AVILA CAROLINA
Revista:
MANA
Editorial:
Contra Capa
Referencias:
Año: 2012 vol. 2 p. 402 - 402
ISSN:
0104-9313
Resumen:
Inspirado em uma leitura crítica do muitas vezes predominante paradigma durkheimiano sobre sociedade e indi- víduo, Course se propõe a compreender o que significa para os mapuche ser/ tornar-se che ou “pessoa verdadeira”, isto é, compreender como as pessoas se constituem através de diversos modos de “sociabilidade”, termo que vai “mais além do parentesco para incluir todas as formas de sociabilidade: aquelas entre parentes, não parentes, entre pessoas e animais e entre pessoas e espíritos”. Isso lhe permite não só abordar alguns eventos centrais da vida mapuche – os funerais eluwün, o rito de fertilidade ngillatum e o jogo de hóquei palin – mas também a “natureza” dos grupos.
rds']