INENCO   05446
INSTITUTO DE INVESTIGACIONES EN ENERGIA NO CONVENCIONAL
Unidad Ejecutora - UE
capítulos de libros
Título:
Sitio ígneo
Autor/es:
MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO; ZORANO SÉRGIO DE SOUZA; JOSÉ MARCELO ARNOSIO; PAULO MARCOS P. VASCONCELOS
Libro:
SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL
Editorial:
Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos (SIGEP)
Referencias:
Lugar: Brasilia; Año: 2009;
Resumen:
 Um volumoso magmatismo básico a ácido de idade cretácea, incluindo rochas vulcânicas e subvulcânicas é bem conhecido na Bacia de Pernambuco (NE do Brasil). Extensos derrames piroclásticos estão representados por brechas piroclásticas, tufos e lapilitos, contendo púmices, fiammes, fragmentos vítreos altamente compactados (com textura eutaxítica), fragmentos de cristais (biotita, plagioclásio, quartzo, opacos e zircão) e líticos (gnaisses do embasamento, riolitos e andesitos). A composição dos óxidos e elementos traços indica pequena variação de SiO2 (71,5 a 74,0%), baixos teores em CaO (<1%) e MgO (0,3-0,8%), com Na2O+K2O da ordem de 8%. São rochas com altas concentrações de Nb (326-469 ppm), Y (206-651 ppm) e Zr (707-953 ppm) e baixos Ba (10-183 ppm) e Sr (13-119 ppm). Diagramas discriminantes indicam rochas riolíticas alcalinas. Os padrões de ETR mostram enriquecimento em TRL, com LaN = 167-860, YbN = 11-51 e razão LaN/YbN = 4,8-36,7, com forte anomalia negativa de Eu (Eu/Eu* = 0,1). Os valores elevados de YbN e a forte anomalia negativa de Eu sugerem origem por fusão parcial da crosta continental e evolução por fracionamento de feldspatos a baixas pressões. Altos teores de Rb, Y, Nb e Zr, bem como a distribuição das amostras em diagramas Rb  vs. (Y+Nb) e Zr  vs. NbN/ZrN sugerem um rifte continental como ambiente tectônico. Estas rochas têm idades platôs 40Ar-39Ar entre 104,0±0,7 a 105,2±0,8 Ma. Sugere-se que uma anomalia térmica (relacionada a hotspot?) atingiu temperatura suficiente para fundir a crosta continental e produzir esse magmatismo durante o Albiano.   
rds']