ILPLA   05424
INSTITUTO DE LIMNOLOGIA "DR. RAUL A. RINGUELET"
Unidad Ejecutora - UE
artículos
Título:
Seasonal changes in the somatic indices of the freshwater silverside, Odontesthes bonariensis (Teleostei, Antheriniformes) from a Neotropical shallow lake (Argentina).
Autor/es:
FREYRE, L. R.; COLAUTTI, D. C.; MAROÑAS, M. E.; SENDRA, E. D.; REMES LENICOV, M.
Revista:
BRAZILIAN JOURNAL OF BIOLOGY
Editorial:
INT INST ECOLOGY
Referencias:
Año: 2009 vol. 69 p. 631 - 631
ISSN:
1519-6984
Resumen:
ResumoO objeto do estudo foi a população Odontesthes bonariensis (Valenciennes, 1835) de uma lagoa característica da região dos pampas argentinos. Durante um ano, recolheram-se mostras mensais da comunidade zooplanctônica e da população de peixe-rei. Pesquisaram-se vários índices (peso relativo e os índices de gordura mesentérica, gônado-somático, hepato-somático e somático) em função do tempo e do sexo, relacionando-os com a dinâmica de comunidade de zooplâncton, a principal fonte de energia para esta espécie. Os resultados indicam que a informação sazonal contida nos compartimentos de peso é muito importante na gordura mesentérica, nas gônadas e no fígado. A disponibilidade do zooplâncton modula as reservas (gordura), o comportamento e a atividade fisiológica (fígado), determinando a intensidade da desova. Assim, na desova de primavera, com disponibilidade mais elevada do zooplâncton, a maioria dos indivíduos maduros da população, machos e fêmeas, transferem energia do alimento às gônadas. No outono os peixes usariam principalmente as reservas de gordura para a maduração gonadal.Palavras-chave: Odontesthes bonariensis, condição, comunidade zooplanctônica, alocação de energia.